22 de ago de 2012

WIKILEAKS

O Sr. Julian Assange (Wikileaks) refugiou-se na embaixada equatoriana em Londres. Caçado por divulgar documentos confidenciais do mundo pelo mundo, gasta-se R$ 200 mil diários com o cerco à embaixada, para que não fuja. Ele, por sua vez, diz que só sai se não for extraditado para os EUA, onde corre risco de ser condenado à morte pelo seu crime de divulgar ditos papéis. Penso que devem estar em jogo interesses gigantescos para se gastar uma quantia dessas por dia! Mas, por mal que eu pergunte: quem não cuidou os suficiente destes documentos para que ele pusesse mão neles? O que ele divulgou eram, entre outros, comentários de governos sobre outros governos, algo como “maracutaias” que não deveriam ser divulgadas. Os EUA moveram mundos em termos de lhe cortar os recursos financeiros, tentando por um fim à divulgação. Não vi nada que ele tenha espalhado que não se constitua de coisas vergonhosas acerca de governos. Se eram secretas por isso, e agora querem condená-lo, não é algo como dizer: “Você fofocou sobre meus assuntos particulares, agora quero mata-lo!”? E viva o berço da democracia e todos que tem podres a escolher. Quem mandou ele ser o elo mais fraco dessa corrente?

Nenhum comentário: